Katakana

De Nikkeypedia

O Katakana (片仮名, katakana) é um dos silabários empregados na escrita japonesa junto com o hiragana. Se atribui sua invenção ao monge Kukai o Kobo Daishi. Também se pode empregar katakana para referir-se a qualquer caractere do hiragana. Quando se refere ao conjunto de silabários hiragana e katakana se refere como Kana. Dos alfabetos japoneses, este é o mais antigo. Provém da simplificação de caracteres mais complexos de origem chinesa que chegaram antes do começo da isolação cultural japonesa, que se manteve inflexível até o fim da Era Edo.

Estes caracteres, ao contrário dos kanji, não têm nenhum valor conceitual, senão unicamente fonético. Graficamente apresentam uma forma angular e geométrica.

Conteúdo

[editar] Silabário

vogais yōon
a i u e o ya yu yo
ka ki ku ke ko キャ kya キュ kyu キョ kyo
sa shi su se so シャ sha シュ shu ショ sho
ta chi tsu te to チャ cha チュ chu チョ cho
na ni nu ne no ニャ nya ニュ nyu ニョ nyo
ha hi fu he ho ヒャ hya ヒュ hyu ヒョ hyo
ma mi mu me mo ミャ mya ミュ myu ミョ myo
ya yu yo
ra ri ru re ro リャ rya リュ ryu リョ ryo
wa (ヰ) ウィ wi (ヱ) ウェ we wo
n
ga gi gu ge go ギャ gya ギュ gyu ギョ gyo
za ji zu ze zo ジャ ja ジュ ju ジョ jo
da ヂ (ji) ヅ (zu) de do ヂャ (ja) ヂュ (ju) ヂョ (jo)
ba bi bu be bo ビャ bya ビュ byu ビョ byo
pa pi pu pe po ピャ pya ピュ pyu ピョ pyo

Abaixo estão as adições modernas, usadas principalmente para representar palavras de origem estrangeira.

イェ ye
ウィ wi ウェ we ウォ wo
(ヷ) va (ヸ) vi vu (ヹ) ve (ヺ) vo
ヴァ va ヴィ vi ヴェ ve ヴォ vo ヴャ vya ヴュ vyu ヴョ vyo
シェ she
ジェ je
チェ che
ティ ti トゥ tu テュ tyu
ディ di ドゥ du デュ dyu
ツァ tsa ツィ tsi ツェ tse ツォ tso
ファ fa フィ fi フェ fe フォ fo フュ fyu


[editar] Usos do Katakana

  • Escrever palavras originadas de outros idiomas, principalmente do inglês em tempos recentes. Por exemplo, "televisão" é escrito terebi, "television" (テレビ, terebi);
  • Onomatopéias, por exemplo pinpon (ピンポン, pinpon), o "ding-dong", som de uma campainha;
  • Usado para termos científicos como nomes de animais, plantas, minerais, entre outros;
  • Enfatizar palavras. Por exemplo, é comum ver ココ koko (aqui), ゴミ gomi (lixo) ou メガネ megane (óculos).

[editar] Ortografia

Marca de extensão de vogal

Em katakana se representa uma vogal extensa à partir de um traço largo chamado chōon (ー na escrita horizontal, | na escrita vertical).

Se a palavra é japonesa, também pode-se formar as extensões de forma análoga a como se faz em hiragana:

Exemplos:

  • ミスター (misutaa, mister)
  • スーパーマーケット (suupaamaaketto, do inglês supermarket, supermercado)
  • ショーイチ ou então ショウイチ (Shōichi, apesar de que se normalmente se escreveria em kanji ou hiragana).

Consoante geminada

Um pequeno tsu ッ chamado sokuon indica uma consoante geminada, que é representada em rōmaji dobrando a consoante seguinte. Por exemplo, cama é escrito em katakana com uma consoante geminada, ベッド (beddo), que se origina do inglês bed. A pronúncia é feita criando uma pausa entre os kanas envolvidos na duplicação consonantal.

[editar] Nomes Brasileiros Comuns Transcritos

Nome Original Katakana Rōmaji
Aline アリネ Arine
Bruno ブルーノ Burūno
Carolina カロリーナ Karorīna
Daniela ダニエラ Daniera
Eduardo エドアルド Edoarudo
Felipe フェリペ Feripe
Gustavo グスタボ Gusutabo
Henrique エンリケ Enrike
Igor イゴール Igōru
Júlia ジュリア Juria
Karla カルラ Karura
Leonardo レオナルド Reonarudo
Maurício マウリシオ Maurishio
Natália ナタリア Nataria
Otávio オタビオ Otabio
Pedro ペドロ Pedoro
Quésia ケッジア Kejjia
Roberta ロバータ Robāta
Sabrina サブリナ Saburina
Thales タレス Taresu
Ubiratan ウビラタン Ubiratan
Vanessa ヴァネッサ Vanessa
Wagner ヴァグネル Vageneru
Yago ヤゴ Yago
Lucas ルカス Rukasu

[editar] Predefinição:Ver também

Ferramentas pessoais