Período Jomon

De Nikkeypedia

Série de artigos sobre
História do Japão
Predefinição:Editar

O período Jomon (japonês: 縄文時代, Jōmon-jidai) é o nome da primeira fase da civilização japonesa. Os ancestrais dos Jomon ocuparam o arquipélago japonês desde o final da quarta glaciação, antes de 8000 a.C.. Por volta do final dessa era, os Jomon deixaram vestígios de sua ocupação através de peças de cerâmica, as mais antigas peças feitas pelo homem conhecidas até hoje. Através da cerâmica, também, assume-se que tenham seguido uma religião politeísta, baseada no culto de elementos da natureza e de seus ancestrais. Não há registros escritos ou vestígios claros de sua língua, e não se sabe até que ponto os Jomon formaram uma civilização coesa cultural, social e politicamente, ou se consistia de agrupamentos humanos descentralizados.

O período Jomon encerra-se por volta de 200 a.C., quando uma nova cultura, conhecida como Yayoi, possivelmente migrou da Península Coreana, trazendo consigo novas influências culturais que caracterizaram este período. Acredita-se que os descendentes mais próximos dos Jomon sejam os ainos, um povo etnicamente distinto dos demais japoneses, e pouco numeroso, ainda presente nas ilhas de Hokaido, Sacalina e algumas ilhas menores do arquipélago.

[editar] Predefinição:Ligações externas=


[editar] Veja também

ja:縄文時代
Ferramentas pessoais