Período Yayoi

De Nikkeypedia

Série de artigos sobre
História do Japão
Predefinição:Editar
Uma vasilha de cerâmica produzida nesse período, escavada em Kugahara, Tóquio, e exposta no Museu Nacional de Tóquio.
Uma vasilha de cerâmica produzida nesse período, escavada em Kugahara, Tóquio, e exposta no Museu Nacional de Tóquio.

O período Yayoy (japonês: 弥生時代, Yayoi-jidai) foi um período da história japonesa de 300 a.C. até 250 d.C., cujo nome provem de uma região de Tóquio onde foram localizados os primeiros achados arqueológicos dessa era. O período foi o marco inicial da cultura de arroz em socalcos e do surgimento de um novo estilo de arte com cerâmica. Seguindo-se ao período Jomon, a cultura Yayoi floreceu desde o sul de Kyushu até o extremo norte de Honshu. Descobertas recentes sugerem que o período Yayoi teria começado antes, entre 800 e 900 a.C..

Conteúdo

[editar] Cultura

Acredita-se que a cultura desse período tenha emergido primeiramente no norte de Kyushu, seguindo então para a ilha de Honshu. A tecnologia empregada na produção de vasilhas de cerâmica durante esse período era muito superior à aplicada no período anterior. Uma característica marcante foi a produção de sinos cerimoniais, armas e espelhos feitos de bronze. Em torno de 100 a.C., começaram a usar ferramentas agrícolas e armas de ferro.

[editar] Origens

A origem dessa cultura tem sido debatida e há algumas teorias importantes.

Uma dessas teorias, proposta na época do período Meiji, afirma que a cultura Yayoi foi trazida ao Japão por imigrantes da Coréia. Muitos estudiosos concordam que várias características do período Yayoi têm origem na cultura coreana, como os socalcos, os novos tipos de ferramentas de pedra polida, as ferramentas de ferro, a tecnologia de tecelagem, e os potes de cerâmica.

Outra teoria afirma que a cultura Yayoi foi trazida ao Japão por imigrantes da China. O surgimento da cultura Yayoi foi rápido, e constituiu um grande avanço em relação ao período Jomon. O fato mais notável que leva a essa suposição é o fato de os três maiores símbolos da cultura Yayoi na Japão (o espelho de bronze, a espada e o selo real) serem os mesmos usados pela dinastia Qin na China.

[editar] Sociedade

Construção japonesa reconstruída desse período, na prefeitura da Saga, na ilha Kyushu.
Construção japonesa reconstruída desse período, na prefeitura da Saga, na ilha Kyushu.

Durante esse período, a população cresceu e sua sociedade se tornou mais complexa. As habitações mais comuns eram vilarejos permanentes, com construções de madeira ou pedra. Houve uma grande acumulação de riqueza através da posse de terras e da estocagem de grãos, e o surgimento de distintas classes sociais, o que foi possível devido à introdução da produção irrigada do arroz, vinda da Coréia, que era similar à existente no sul e centro da China.

[editar] Fim e legado

Dentro da sociedade desse período, houve o surgimento de uma forte aristocracia militar e de clãs patriárquicos, características do período seguinte da história japonesa, o período Kofun.

[editar] Predefinição:Ligações externas


[editar] Veja também

ja:弥生時代
Ferramentas pessoais